Brigar

Brigar até nascer
é o caminho do poema;

criando metáforas,
fazendo inéditas relações
desde um mundo invisível

aos olhos e as estrelas.
Montanhas e luas surgem

semeando os mares de palavras
no ar dos sonhados mundos.

Brigar até trazer um mundo
é o sonho dum poema,
para gravar no sangue os caminhos

que fazem das palavras
olhos coloridos com estrelas,
beijos criados com as letras.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s